CAMINHO DOS ESCRAVOS, AQUI COMEÇA UMA NOVA AVENTURA

Foi uma das principais vias de ligação entre o Norte de Minas e o Sul da Bahia no século 18. Era a rota dos diamantes do velho Arraial do Tijuco, construída para dar acesso às lavras do distrito minerador de Mendanha. Leva o nome de Caminho dos Escravos por ter sido construída por escravos retratando uma das facetas mais cruéis da história do Brasil. Um trecho bastante conservado, fica a cinco quilômetros de Diamantina, na estrada para Araçuaí. Ainda conserva cerca de 300 metros do trecho calçado e funciona como um dos mirantes da cidade. De carro, são apenas 5 km do centro de Diamantina, seguindo pela BR 367 no sentido Araçuaí. O trajeto também pode ser feito a pé, por uma trilha ecológica de 2 km até o início do trecho calçado, atravessando-se uma serra de vegetação nativa, com riachos e cascatas, onde destacam-se quaresmeiras e ipês.

Fotos

Outras Notícias

CASA DA GLORIA. O PASSADIÇO DE DIAMANTINA

As construções que compõem a atual Casa da Glória são de épocas e estilos diferentes. O edifício principal ou ...

MERCADO VELHO E CENTRO CULTURAL DAVI RIBEIRO

O antigo Mercado dos Tropeiros, construído em meados do século XIX, servia de ponto de encontro dos comerciantes pa...

CONHEÇA O MUSEU DO DIAMANTE

O Museu do Diamante foi criado em 12 de abril de 1954, por meio da Lei Nº 2.200 do Presidente Getúlio Vargas, que...

CONHEÇA O PARQUE E A VILA DO BIRIBIRI

Bem pertinho de Diamantina, o Parque do Biribiri é um passeio delicioso para quem busca contato com a natureza, ecot...