Evento acontecerá em Diamantina (MG) e em Braga, Portugal, e vai discutir a diversidade dos povos de língua portuguesa

Festival de História terá duas edições em 2015

O 3º Festival de História (fHist) amplia seus horizontes e faz duas edições complementares em 2015, conduzidas pelo tema Diálogos Oceânicos, que abarcará as diásporas, identidades e diversidades dos povos de língua portuguesa.

A primeira etapa será na cidade de Braga, ao Norte de Portugal, de 20 a 23 de maio, e conta com cerca de cinquenta participantes estrangeiros e nacionais confirmados.

A segunda acontecerá na histórica Diamantina (MG), no período de 8 a 11 de outubro. Apresentado pelo Ministério da Cultura, o 3º fHist conta com a parceria do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Escolhas

Situada no Norte de Portugal, Braga foi escolhida por ser um dos principais polos de irradiação da cultura portuguesa desde a era dos descobrimentos, particularmente para o Brasil. Segundo o coordenador do fHist, Américo Antunes, não foram poucos os bracarenses que se aventuraram aqui no apogeu do ciclo do ouro e dos diamantes.

O Festival acontecerá paralelamente à Braga Romana, uma das mais tradicionais festas da cidade. No dia 20, após a Abertura Solene na sala principal do centenário Theatro Circo, a Conferência Magna terá como tema Fazer História: Veias da Integração dos Países de Língua Portuguesa. A programação cultural do dia 22 inclui o Cortejo Braga Romana, quando os bracarenses revivem as suas origens de mais de 2 mil anos na Bracara Augusta.

Estão programadas ainda diversas mesas redondas que vão debater: Da Escravidão ao Racismo; Tempos de Rupturas: a Revolução dos Cravos e o Ocaso da Ditadura Brasileira; Barrocas Matrizes: Identidades Urbanas, Arquitectura, Artes e Legados; Paralelos biográficos: o Marquês de Pombal e Chica da Silva; Universos Literários: a História pelas Lentes dos Historiadores e dos Jornalistas; Sons e Imagens: Narrativas Históricas em Tempo de Mídias Móveis; Conexões Oceânicas: Vez e Vozes das Culturas de Periferia.

As inscrições para as atividades em Portugal serão abertas no dia 20 de março e poderão ser feitas exclusivamente pelo site oficial. Já as inscrições para a etapa de Diamantina e toda a sua programação serão abertas no segundo semestre.

História

Inspirado nos festivais literários, o fHist nasceu em 2011, em Diamantina (MG), com a proposta de colocar frente a frente historiadores, jornalistas, pesquisadores, escritores e o grande público, em uma jornada de debates e reflexões, oficinas, mostra de cinema, lançamento de livros e apresentações artísticas com temas históricos.

Em 2011, o Festival abordou o Ofício e as Artes de contar a História e, em 2013, teve como eixo temático Histórias não Contadas, lançando um novo olhar sobre o passado brasileiro

Fonte:

Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

Outras Notícias

Turismo rural gera renda para comunidades de Diamantina e municípios da região

O turismo rural incrementa a economia de 13 comunidades rurais e se consolida como mais uma fonte de renda para agric...

Inscrições abertas para o 3º Festival de História em Diamantina

Estão abertas as inscrições para a segunda etapa do fHist que acontece de 8 a 11 de outubro em Diamantina, Minas Gera...

Filme Sobre o Inconfidente Tiradentes é Gravado em Diamantina

Já começou a pré-produção do longa metragem de ficção “Um Certo Joaquim”, que vai mostrar quem foi Joaquim José da Si...

Rede Vale Circuito em Minas Gerais recebe o acompanhamento da Unisol Brasil

Mais um exemplo da agricultura familiar, aqui unida ao artesanato, que tem estruturado a vida de milhares de famílias...